17.8.10

Meu primeiro floco de neve Final

http://4.bp.blogspot.com/_f-BlujrKb_s/TGtCrpBQuZI/AAAAAAAAAS4/fgPoEA3Idtw/s1600/neveblogfinal.jpg
Esse é o último quadrinho da primeira história do primeiro gibi do Tupinanquim, que foi lançado exatamente doze anos atrás, no dia 17 de agosto de 1998. Há algum tempo pensei em fazer um novo final para a HQ, com pelo menos mais uma página, pois sempre que releio fica um gostinho de “ta faltando alguma coisa”...
Quando comecei a repostar a HQ no blog, no início desse mês, achei que daria tempo de finalmente desenhar o novo final, enquanto enrolasse um pouquinho essa recapitulação histórica. Mas aí aconteceram as correrias do dia a dia, outros trabalhos e contratempos, e quando me dei conta já era o aniversário do gibi Tupinanquim número 0, e a única coisa que deu pra fazer, agora à noite, foi a inclusão dos tons de cinza nesse último quadro que faltava. Fora isso e um ou outro pequeno detalhe gráfico, a HQ está igual aquela que foi impressa, ou melhor xerocada, naquele outro inverno do final do século passado.
Talvez seja melhor assim, comemorando a data com uma reprise do original, e, é claro, ficamos devendo a continuação dessa história, pois há muitos elementos nessa relação do curumim urbano com Tupã e com as mudanças das estações, não apenas as naturais mas também as alterações climáticas cada vez mais acentuadas por causa do desequilíbrio causado pela nossa sociedade globalizada.
Logo logo vou falar um pouco mais sobre esse gibi modesto mas importantíssimo na saga do curumim urbano; também teremos notícias e aventuras fresquinhas! Acompanhe, e aproveite bem esse final de inverno romântico, pois a estação das flores e das cores vem aí!

11.8.10

Bart X Tupi - 2° tempo

http://3.bp.blogspot.com/_f-BlujrKb_s/TGKrneAF3YI/AAAAAAAAASw/gbUohoxanIQ/s1600/bart-tupi2.jpg
Acho que como a maioria, não consegui assistir o amistoso Brasil X Estados Unidos ao vivo, mas dizem o Galvão e o Tiago Leifert que o trio Neymar, Ganso e Pato arrasaram com os soccer-yankes. Boa oportunidade pra postar esse desenho do ano passado, dessa vez na versão que eu havia imaginado originalmente... é que quando a seleção do dunga (não do Brasil?!) venceu a dos EUA na final da copa das confederações no ano passado, a vitória não foi fácil nem houve espetáculo como gostaríamos, e por essa razão eu acabei desenhando o Tupi com outra expressão, como vc pode conferir aqui.
Na postagem do ano passado no flog também explico porque optei pelo Bart Simpson de Matt Groening pra representar o futebol estadunidense.
No próximo post voltaremos com a sequencia da HQ "meu primeiro floco de neve" e, em breve, muitas novidades no universo do curumim urbanóide!

3.8.10

Meu primeiro floco de neve Pág1

http://1.bp.blogspot.com/_f-BlujrKb_s/TFjNcar5ZAI/AAAAAAAAASo/aDuf8XFb8JU/s1600/nevecor2010p1.jpg
Neste mês de agosto vai fazer 12 anos que publiquei o primeiro gibi do Tupinanquim, na verdade um fanzine de capa colorida com 5 curtas Hqs e mais algumas tirinhas, textos e passatempos. A primeira HQ do "Tupinanquim quadrinhos & passatempos n° 0" era justamente essa, "Meu primeiro floco de neve", apresentando, de cara, a qualidade filosófica do personagem e o cenário urbano, gelado nessa época do ano, típico da região sul do nosso "país tropical"!
Há alguns anos fiz essa colorização do primeiro quadrinho para a publicação no flog, e hoje, com o retorno do frio em todo o Sul e Sudeste e a grata ocorrência de neve em Cambará do Sul no RS, reapresento esse quadrinho, pela primeira vez nesse blog, com a proposta de republicar a HQ completa nos próximos dias. Só não prometo que vou publicar uma página por dia, como fiz com a HQ "craques da década", pois estou com o tempo e o acesso à internet um tanto limitados nesse momento; mas a minha idéia é de publicar a história completa com as páginas em um novo formato, "quadrado" como esse quadrinho, e em tons de cinza como fiz com a HQ sobre futebol, mantendo a regularidade de pelo menos duas ou três postagens por semana! Dependendo da disponibilidade, poderei produzir e postar um novo final, mais longo e surpreendente, atualizando assim a história e embarcando na tendência de remakes e finais alternativos, bom também pra quem já leu a HQ original no gibi de 1998 ou na publicação online q tínhamos feito na extinta página Tupinanquim.com do geocities.
Torço pra q o friozinho permaneça ou retorne até o final da publicação, mantendo assim a HQ bem contextualizada e, quiçá, realizando aquela relação gostosa em q a arte inspirada na realidade também parece inspirá-la!